• Siga:

Como o diagnóstico do coronavírus COVID-19 é feito

Como o diagnóstico do coronavírus COVID-19 é feito

Como o diagnóstico do coronavírus COVID-19 é feito 1200 800 agenciami

O quadro inicial da doença causada pelo coronavírus COVID-19 é caracterizado por uma síndrome gripal. Entretanto, caos iniciais leves e subfebris podem evoluir para elevação progressiva da temperatura, sendo constatada uma febre persistente além de 3-4 dias, ao contrário do que víamos nos casos de influenza em que a temperatura febril ia baixando.

O diagnóstico clínico depende de investigação clínico-epidemiológica e do exame físico. O diagnóstico laboratorial é realizado por meio de técnicas de RT-PCR (neste caso, uma análise do RNA para verificar a expressão de genes do vírus) e sequenciamento parcial ou total do genoma do vírus em amostras de secreção do paciente.

Enquanto o paciente com suspeita de estar contaminado com o coronavírus COVID-19 espera pelos resultados, ele deve seguir protocolos de isolamento e evitar o contato com outras pessoas, especialmente com pessoas do grupo de risco como idosos.

Entre os cuidados que uma pessoa suspeita de estar contaminada, além do isolamento, ela deve evitar compartilhar objetos, não receber visitas, manter os ambientes bem ventilados, utilizar máscara, lavar as mãos com água e sabão sempre, e limpar e desinfetar superfícies frequentemente tocadas.